Evite problemas com o automóvel por estar parado



Os automóveis são máquinas complexas e dependem de manutenção e do uso regular para que não causem problemas de maior, nem se desgastem rapidamente.  Se por algum motivo tem de deixar o seu automóvel parado por longos períodos, ponha em prática algumas das dicas que enumeramos e evite problemas futuros. Não esquecendo os cuidados e a atenção redobrada que deve ter quando quiser retomar a utilização do automóvel.


1. Parqueamento

Se sabe que vai parar o seu automóvel por um tempo indeterminado, convém que pense nas condições em que o vai parquear.

Sem dúvida uma garagem fechada, aproxima-se daquela que será a condição ideal. Na ausência de uma garagem fechada, é aconselhável qualquer solução que permita a cobertura do automóvel, em particular do motor.

Se estiver condenado a deixá-lo na rua, compre pelo menos uma capa, há várias opções no mercado e serve para proteger do sol, da chuva e dos pássaros.

Não se esqueça de o destapar regularmente e verificar possíveis humidades, condensações e ferrugens.


2. Limpeza

Talvez lhe passe ao lado, mas se sabe que a paragem será por tempo prolongado, aconselhamos a uma lavagem total para remoção de químicos e partículas indesejadas.

No interior, não utilize produtos para limpeza, a menos que por algum motivo tenha necessidade de desinfetar algumas áreas. Basta passar um pano ligeiramente húmido para retirar poeiras e extrair todos os lixos que possam existir dentro do automóvel. Já que vai ficar sem circulação de ar, não vai querer deixar o seu interior impregnado de químicos.

As humidades poderão ser o que mais danifica o interior. Procure produtos desumidificadores – absorventes de humidade, para deixar no automóvel.

  

3. Bateria

Poderá ser o problema mais comum que terá de enfrentar se deixar o seu carro parado por longos períodos, já que estas podem descarregar. Não se esqueça que os automóveis cada vez mais modernos requerem energia para a continuidade dos seus sistemas automáticos, como por exemplo o relógio, que mesmo parado continua a funcionar. Utilizações pontuais de curta distância não são suficientes para manter a bateria totalmente carregada. Por isso, esteja preparado para as eventualidades. 



4. Pneus

Certamente vão perder pressão ao longo do tempo. Por isso deixe-os preparados. Encha-os para carga pesada. Por outras palavras, acima do normal, mas tendo sempre em consideração os valores máximos indicados pelo fabricante.  Desta forma, evita deformações e danos nas jantes. Quando necessitar utilizar o automóvel estará provavelmente na pressão certa.
Para os mais hábeis, pode remover as rodas completamente e deixar o carro em suportes de macaco. Alertamos que para esta opção exigem-se cuidados redobrados e conhecimento. Certifique-se que coloca apenas os suportes das rodas nos pontos de elevação aprovados pelo fabricante.



5. Combustível


O combustível também tem o seu tempo de vida, cerca de  3 meses, nas melhores condições de conservação. Combustível degradado poderá causar dificuldades no arranque e no desenvolvimento do automóvel em estrada, já que os seus componentes voláteis, com formulações muito específicas perdem propriedades, podendo chegar mesmo a ficar completamente degradado.

Em situações extremas, deixar o combustível por muito tempo no depósito causará danos nas borrachas e nos metais do mesmo.

Assim, temos de convir que o combustível no depósito não é o local ideal para o seu armazenamento por longos períodos.

Deixe o depósito a menos de meio para as necessidades e considere os estabilizadores de combustível para prolongar a sua vida útil.

Se fizer utilizações pontuais do automóvel tente que tenha sempre de abastecer com novo combustível.

  

6. “Turn ON

A opção ideal seria conduzir o carro 15 em 15 dias. Percursos mais longos e sem muito tráfego. Desta forma conseguiria exercitar todas as peças do seu automóvel ao invés de apenas algumas.

Se der pouca utilização ao automóvel e decidir mesmo que parado aquecer o motor, esteja ciente dos perigos dos gases de escape em locais fechados, como garagens. Se o seu automóvel é a diesel com filtro de partículas (DPF) – não o faça. Este tipo de utilização do motor não gera as condições adequadas para a regeneração do DPF e só contribuirá para o seu entupimento.

Para que entenda:  o filtro de DPF funciona por auto-regeneração, automática, e para isso terá apenas de estar em andamento no mínimo a 80km/h durante aproximadamente 45min. Desta forma, aumenta a temperatura do escape, do filtro dando início à inceneração das partículas acumuladas no filtro. 
Não sendo possível esta opção, o DPF faz o segundo tipo de regeneração, mais ativa. Injecta mais gasóleo e aumenta a temperatura. Assim, igualmente dará inicio à inceneração das partículas acumuladas. Para tal são necessários 15 min em circulação contínua a 65km/h.

Resumindo, se quiser ligar o carro e fizer o motor funcionar, mesmo que parado ou em viagens curtas ou de muito tráfego, só irá contribuir para o entupimento do filtro.

Evite que se entupa tendo estes aspectos em consideração e utilize óleo indicado para o carro. Se for automóvel com DPF verifique que o lubrificante indica que se trata de um óleo para filtro de partículas. Este óleo reduzirá a produção de partículas que podem entupir o filtro. 





Tem o automóvel parado há muito tempo e quer voltar a conduzi-lo?


Para que não tenha sobressaltos, e não corra riscos, faça um pequeno check-up ao seu automóvel: 

  •      verifique níveis dos fluídos
  •      verifique a pressão dos pneus
  •      reabasteça com novo combustível
  •      verifique as luzes


Dependendo do tempo que ficou parado, e para ficar mais descansado, visite o mecânico ou deixe que ele o visite a si – IZIRepair


Aconselhamos a que com ele proceda a um check-up mais aprofundado. Verificando se é necessário a troca do fluído dos travões, do líquido de arrefecimento e do óleo de motor.


Desta forma, certamente conseguirá manter o seu automóvel nas melhores condições e sem surpresas. Futuramente, facilite a sua vida tornando-se membro – IZIRepair               





Evite problemas com o automóvel por estar parado Evite problemas com o automóvel por estar parado Reviewed by Alexandra Castro on maio 06, 2020 Rating: 5

Sem comentários